Tuesday, November 15, 2011

Nas últimas semanas

Quando deu tipo dia 29 de outubro eu pensei cá com os meus botões: eu deveria colocar umas fotos no blog, né? Deve ter gente querendo saber a quantas anda a reforminha na nossa casa e como eu tô e tal.

Só pensei, né? Porque fazer post... nada de fazer. Deu uma folguinha aqui no trampo e eu resolvi por umas fotos. Espero que gostem.

Comecinho de outubro a gente iniciou o processo de trocar o carpete nojento que tinha na cozinha.
chegou novembro e a gente continua nisso. Demora, demora, demora...
A gente foi numa festinha de Halloween, o Josh foi de Indiana Jones e eu fui de jogadora de futebol. Coloquei a foto parecendo antiga porque Halloween aconteceu há anos luz!


Ah! Acho que eu vou migrar daqui, ainda não achei um app que deixa eu postar blogspot pelo iPad. Alguém recomenda um? Fiz um tumblrinho pra resolver esse problema, entra lá: 

daniboyd.tumblr.com
daniboyd.tumblr.com

daniboyd.tumblr.com

Monday, October 3, 2011

Casa

Li hoje por ai: 

Casa não tem tendência, casa tem memória.
Baba Vacaro

E a gente continua trabalhando na nossa.

Thursday, September 29, 2011

O dia que eu descobri que um closet é importante

 Atualmente sou uma pessoa sem assunto, ai coloquei assunto antigo. Do meu ex-blog, escrevi isso em 2008.

Era uma terça-feira. Tudo corria bem. A tarde estava ensolarada. Me deu uma vontade enorme de comer uma saladinha com coisinhas diferentes. Sai da universidade contente, a luz do sol me faz um bem indescritível. Fui na feira, comprei tudo. Voltei pra casa. Peguei o elevador, apertei no 4. Saí do elevador e percebi que meus queridos vizinhos amantes da Mary Jane ainda não tinham iniciado a hora de ver gnomos. Ai eu abri a porta de casa, feliz e sorridente com meus legumes, verduras e afins nas sacolinhas em tons de verde da feira. Meu Deus! Tava tudo tomado... pelo gás! Joguei minha bolsa no sofá e saí correndo pra pedir ajuda pros vizinhos, os mesmos amigos do Bob (Marley). É, o cheiro de gás não vinha da minha cabeça (lembrem-se que eu tenho surtos de cheiro... pode ser de cigarro, cocô, farinha e assim vai, por isso tive que confirmar). Ai fechamos a saída do gás do fogão, eu abri todas as janelas e fiquei lá. Olhando o movimento. Pensando na vida. Em como eu poderia ter ido pros ares e virado "Dani aos Pedacinhos Flambados" (yummy). Acontece assim, não é? Quando a gente menos espera. Boom! Explodiu! Catapoft! Virou fumacinha. Fiquei triste naquela hora. E o cheiro continuava. Senti muita saudade da minha mãe. Liguei pra ela, que já atendeu com o famoso "que foi menina". Ai eu contei. Ela exigiu que eu ligasse pros bombeiros. Ai vem a melhor parte. Não gosto de desobedecer meus pais. E quando mãe fala, meu amigo... tem que obedecer. Liguei pros bombeiros, que disseram pra eu descer e esperar por eles na frente do prédio. Cinco minutinhos depois lá vem eles. Emocionante! Aquele caminhão enorme vindo Uoooooooon pelas ruas da Cidade Baixa pra salvar a pobre princesa indefesa que tava com medo de explodir pq o gás não ia embora! Eu ria por dentro, mas fiz cara de séria e preocupada. Subiram no meu apartamento e, realmente, o cheiro de gás não parava. Entraram no meu quarto. Que horror! Foi ai que eu descobri: preciso de um closet! Sou o tipo de pessoa organizada, mas que quando bagunça... poe tudo a baixo! Principalmente quando tô indecisa. Aquele era um dia de indecisão. Não sabia nada, nem que roupa vestir. Tudo feito de algodão, jeans e similares estava jogado em cima da minha cama. Eu não consigo enxergar as coisas quando elas estão dentro do guarda-roupa! Resultado: fiquei com vergonha da bagunça e eles, os bombeiros, salvaram a vida da princesa e de todos os outros moradores do prédio. A central de gás tava vazando. Se não fosse a Dona Sandra, todos tinham ido pelos ares e eu nunca ia descobrir a intensidade da minha necessidade por um closet.

Friday, September 16, 2011

Coisinhas

Eu sei que não tem muita gente que dá lá aquelas importâncias pro meu blog. Nem eu dou muita, principalmente agora que tô ocupada até o último fio de cabelo. Cabelo que, aliás, vai ficar mais curto amanhã, graças a Paula, minha cabelereira made in Brasil que eu adoro!

Pois é, povo. Ter uma casa dá bastante trabalho. Ainda tô colocando as coisas no lugar. Ontem terminei de por as roupas nos armários. Quer dizer, quase terminei, faltou cabide.

Já começamos a pintar as paredes. Tô naquela vibe total de amar cinza, sabe. Ai fiz a maior pesquisa do século pra achar o cinza ideal. Porque cinza tende a ficar azul na parede. Jurava que tinha encontrado o tom correto, pintei a sala de jantar e.parece.azul.lilásesco. Droga! Mas tá bom, quem sabe dá uma disfarçada quando colocar móveis.
Ai nosso banheiro já tá quase pronto também. Depois de semanas sem pia, ontem chegou a torneira a gente o Josh instalou lá os coisa que, tá quase pronto. Acho que vai ficar legal!

 
Sábado passado teve um dia especial lá na igreja, chamado Make Stuff Day (Dia de Fazer Coisas). Foi muito legal. Eu falei um pouquinho sobre mood boards, ai falei sobre o Pinterest, vcs conhecem? É tipo o meu novo vício online. Melhor maneira ever de guardar idéias, receitas, coisinhas que a gente vê pra lá e pra cá pela internet, sem precisar encher a memória do computador.
 

 
 



Esse é o meu Pinterest. 
Se vc quiser um, me me fala que eu te convido.

Tá, só isso! Beijos!

Thursday, September 8, 2011

Eu tenho um tio que se chama tio Paulo

É, tio faz parte do nome dele mesmo. Pelo menos pra gente, os sobrinhos. Tio Paulo é uma pessoa divertida e de bem com a vida. Diz a lenda que, quando criança, ele queria conquistar o mundo. Pensava que era super herói e até tentou voar com uma capa de lençol. Pulou de cima de um jambeiro, aquele ficava no fundo do quintal da casa onde ele mora até hoje, lá no Médice. Tio Paulo cresceu, virou adolescente e ficou doidão. Se meteu com gangue e até levou uma facada no pescoço. Isso também faz parte da lenda, mas que ele tem uma cicatriz, ele tem.  E também tem uma tatuagem na perna que até hoje eu não entendi se é um fósforo pegando fogo ou um chafariz. Dúvida cruel. O fato é que o tio Paulo é e sempre foi o melhor tio da face da terra. Fazia altas comemorações de Páscoa na casa dele. Convidava a gente pra comer tartaruga e empinar pipa. Fora as voltas naquele carro esquisito que ele tinha, conversível, que todo mundo olhava.  Eu me lembro que, quando a gente era pequeno, ele foi pra Alemanha passear. Trouxe pra gente um monte de brinquedos diferentes, eu me gabava toda pros meus amiguinhos. Afinal de contas, só eu tinha um tio bacana que foi pra Alemanha. Dessa viagem ele também trouxe pra minha mãe um monte de material de arte. Tintas, pincéis, esquadros e um compasso que se eu não me engano tá aqui dentro da minha bolsa. Se não tiver na minha bolsa, tá na minha gaveta de materiais de desenho. Roubei esse compasso da minha mãe. O tio Paulo sempre foi um exemplo, trabalha bastante, mas nunca tá longe da família. Hoje em dia ele tem dois filhos, o Lui e o Igor. Ele morre de orgulho desses dois, nunca vi uma pessoa tão contente ao falar que o filho chorou quando foi tirar sangue. Apesar de preparar répteis com farofa pros sobrinhos, o tio Paulo gosta muito de animais. Ele tinha um papagaio que chamava o nome dele - ei Paulo! Também já teve iguana, passarinho e sei lá eu quantos mil cachorros. O tio Paulo é a diversão em pessoa, sempre lê e sabe tudo. É um daqueles que tem alma de artista e vive feliz. Eu amo o meu tio Paulo!

 Ali em cima tem o tio Paulo quando pequeno, no barco do vovô.
 Aqui o vovô segurando um tipo de uma onça que ele trouxe pra morar no quintal de casa.
 Ai aqui o vovô e o tio Paulo, com cara de quem vai pular do barco.

Friday, August 26, 2011

Nas últimas semanas

Quem é vivo sempre aparece, dizia o sábio poeta.

Tô viva e muito ocupada, cheia de coisas pra fazer. Ai resolvi fazer um postinho com três principais acontecimentos das últimas semanas da minha life.

Verão, galera! Fomos pro lago aqui pertinho andar de jet-ski.

 
Comprinhas e muita comida boa pra comemorar o aniversário da Jessica, que foi dia 1 de agosto.

E tcharaaaam a melhor de todas as notícias: depois de um ano procurando, finalmente compramos nossa casa! Já mudamos e tudo, agora vamos reformar pra ficar bem com o nosso jeito.

Com o tempo vou colocar mais fotos, no estilo antes e depois, sabe?

 Viu ai na foto quanta ajuda a gente recebeu? Quando é pra ajudar alguém, esse povo aqui ajuda mesmo! Não tem nada de "ahhh não posso porque tô com dor de garganta", não!

Tá, acabaram as novidades. Depois ponho mais!